Fotografias ilustram as leis mais bizarras dos Estados Unidos

sexta-feira, novembro 22, 2013

Olivia Locher-leisbizarras1
No Texas, é ilegal crianças terem cortes de cabelo “inusitados”.
 
A criatividade é, sem dúvida alguma, uma das características mais surpreendentes do universo da consciência humana. Só esse atributo mesmo para conseguir extrair das adversidades da vida, a mais fina arte, as mais belas representações da capacidade de misturar informações para produzir algo novo.

Um grande exemplo é a série de fotografias “I Fought the Law”, da estadunidense Olivia Locher, que produz composições que mais parecem quadros surrealistas.

Só que na verdade, as cenas retratadas, não vieram da mente dela. A artista teve a brilhante ideia de representar as leis mais absurdas que se tem notícia nos EUA, em forma de imagens que as interpretam literalmente.

O que as fotos têm de interessantes, na mesma proporção, demonstram o grau de aberração de certas normas em alguns estados.
Eis alguns retratos e suas respectivas leis:
 
 
Olivia Locher-leisbizarras2
No Alabama, é ilegal ter uma casquinha de sorvete no bolso de trás da calça.



Olivia Locher-leisbizarras3
Na Califórnia, não é permitido andar de bicicleta em uma piscina.



Olivia Locher-leisbizarras4
Em Connecticut, para um picles ser oficialmente considerado um picles, ele deve saltar.



Olivia Locher-leisbizarras5
No Havaí, é proibido colocar moedas em um dos ouvidos.


 
Olivia Locher-leisbizarras6
Nos restaurantes de Wisconsin, é ilegal servir torta de maçã sem queijo.



Olivia Locher-leisbizarras7
Em Delaware, é ilegal usar calças com  “form-fitting” em torno da cintura.



Olivia Locher-leisbizarras8
No Arizona, você não pode ter mais de dois vibradores em uma casa.


 
 












2 comentários:

Nina disse...

Hhahaha, que hilário.
É a cara do povo americano se comportar de uma maneira tão bizarra. Mas essa seleção de imagens é adorável. Assim como a criatividade, a falta de noção humana tem a mesma proporção de choque.
Abraços.

Deniac disse...

Verdade, Nina. O legal da arte é fazer na prática, a velha máxima do "fazer do limão uma limonada". Obrigado pela visita.