A alergia de Cayce Pollard.

quarta-feira, novembro 11, 2009

caycepollardunits 

Ela é uma consultora de publicidade. Ela é uma coolhunter com uma intuição sem igual. Ela é um ícone da moda, mas você nunca vai ouvir falar dela, assim como nunca irá poder vê-la.

O que ela olha, sente na pele se vai ser tendência ou não. Ela é uma heroína que não luta, que não possui superpoderes. Tem somente o estranho dom de sentir as roupas, as ruas, os contornos dos óculos escuros das pessoas, as marcas das grifes. Sente tanto essas marcas que tem náuseas. Sim, uma profissional da publicidade com alergia a logotipos.

Uma profissional da publicidade alérgica à moda, mas que mesmo assim ama roupas. Suas próprias roupas e combinações, diga-se de passagem. E essas peculiares indumentárias tem um nome: "CPUs. Cayce Pollard Units". Preto, branco, cinza. Algo frio, algo quase invisível. Algo quase alien. Só se pode defini-lá como  uma "zona livre e atemporal do design".

Seu anti-estilo, seu mix de influências, até mesmo o seu rosto, não vive no mundo real. Não que ela seja invisível, nem que é uma fantasma flutuando no éter. A questão é que ela vive no imaginário das pessoas que leram Pattern Recognition de William Gibson, ou até mesmo o  No Logo, de Naome Klein.

Saca?

Cayce Pollard, “só existe na zona liminar entre a prosa de Gibson e os olhos da mente que não cansa de prever a história a cada instante”.

*Agradecimentos a Adriana Amaral .

3 comentários:

vell x) disse...

Sinceramente, não faço a minima ideia de quem seja Cayce Pollard, mas eu adoro tons frios, exceto o branco, que nunca me chamou a atenção.

Mas as peças são bonitas, e os tons são perfeitos, até porque sempre combinam entre si.

abraço. :)

Deniac disse...

Eu recomendo: http://comciencia.br/comciencia/?section=8&tipo=resenha&edicao=20

Adriana Amaral disse...

muito massa isso ne? bjo